Publicado em Artigo, , Pensamentos Meus

Conserto Rápido

529131_3905788276716_859886446_n“Porque sou eu que conheço os planos que tenho para vocês”, diz o Senhor, “planos de fazê-los prosperar e não de lhes causar dano, planos de dar-lhes esperança e um futuro.” Jeremias 29:11

Não existem consertos rápidos.

Deus nos promete que os planos dele para nós são bons, e que, através de sua bondade e graça, podemos ter um futuro e uma esperança; mas quando a vida nos machuca, queremos uma solução rápida, queremos resolver logo o problema e nos livrar da sensação que um problema traz. Para isso, queremos Deus para cuidar dos problemas. Mas, na maioria das vezes, a cura não acontece quando estamos dormindo. Algumas feridas saram, mas as cicatrizes permanecem. A cura completa leva tempo e demora ainda mais com feridas profundas. Continuar lendo “Conserto Rápido”

Publicado em Artigo,

Por que o Switchfoot não canta músicas cristãs?

TRADUÇÃO
Switchfoot is going secular. Sort of.
Por que o Switchfoot não canta músicas cristãs? (5 de dezembro de 2013)
O vocalista Jon Foreman foi perguntado se o Switchfoot é uma banda “cristã”. Vale a pena ponderar sua resposta.
O Switchfoot é secular? Mais ou menos. “Para ser honesto , esta questão me entristece , porque eu sinto que ela representa um problema muito maior do que simplesmente um punhado de músicas do Switchfoot . Na verdadeira forma socrática , deixe-me fazer algumas perguntas: Lewis ou Tolkien mencionaram Cristo em alguma de suas séries de ficção? A sonata de Bach é cristã? O que é mais semelhante a Cristo? Alimentar os pobres, fabricar de móveis , limpar banheiros ou pintar um pôr do sol ? Há uma cisma entre o sagrado e o secular em nossas mentes modernas .
A visão de que um pastor é mais “cristão” do que um treinador de voleibol feminino é falho e herético. A posição de que um líder de louvor é mais espiritual do que um zelador é condescendente e falho. Estas diferentes vocações e finalidades demonstram ainda mais a soberania de Deus .
Muitas canções são dignas de serem escritas . O Switchfoot vai escrever algumas, Keith Green , Bach, e talvez você mesmo tenha escrito outras. Algumas dessas canções são sobre redenção, outras sobre o nascer do sol, outras sobre nada em particular : escrita pela simples alegria em se fazer música.
Nenhuma dessas músicas nasceu de novo , e para esse fim , não há nada como a música cristã. Não. Cristo não veio e morrer pelas minhas músicas , ele veio para mim. Sim. Minhas músicas são uma parte da minha vida. Mas, a julgar pelas escrituras só posso concluir que o nosso Deus está muito mais interessado em como eu trato os pobres, os quebrados de alma e os famintos do que os pronomes pessoais que eu uso quando eu canto . Eu sou um cristão . Muitas dessas músicas falam sobre essa crença . A obrigação de dizer isso ou aquilo não soa como a gloriosa liberdade que Cristo morreu por mim.
Eu tenho uma obrigação , no entanto, uma dívida que não pode ser resolvida por decisões em minhas letras . Minha vida vai ser julgada por minha obediência , e não pela minha capacidade de limitar as minhas letras para essa caixa ou aquela.
Todos nós temos uma vocação diferente, e o Switchfoot está tentando ser obediente ao que fomos chamados a ser. Nós não estamos tentando ser o Audio A ou U2 ou POD ou Bach: nós estamos tentando ser o Switchfoot . Você vê, uma canção que tem as palavras : ” Jesus Cristo ” não é mais nem menos “cristã” do que uma peça instrumental . ( Eu já ouvi muita gente falar em Jesus Cristo mas não estavam falando sobre o seu Redentor. ) Você vê, Jesus não morreu por nenhuma das minhas músicas. Portanto, não há hierarquia de vida ou músicas ou ocupação…  só obediência. Temos um chamado para tomar a nossa cruz e seguir. Podemos ter certeza de que essas estradas serão diferente para todos nós. Assim como você tem um corpo e cada parte tem uma função diferente , assim também em Cristo, nós que somos muitos, formamos um só corpo e cada um de nós pertence a todos os outros. Por favor, seja lento para julgar os “irmãos” que têm uma vocação diferente da sua. “
Foreman menciona a “caixa” cristã que muitas pessoas querem ficar, e colocar os outros dentro. Concordo com Foreman que esta caixa é particularmente limitante quando se trata de arte . Então, saia e crie algo – algo belo , algo maravilhoso – e faça-o para a glória de Deus.

ctkblog

Lead singer Jon Foreman was asked if Switchfoot is a “Christian” band. His response is worth pondering.

“To be honest, this question grieves me because I feel that it represents a much bigger issue than simply a couple SF tunes. In true Socratic form, let me ask you a few questions: Does Lewis or Tolkien mention Christ in any of their fictional series? Are Bach’s sonata’s Christian? What is more Christ-like, feeding the poor, making furniture, cleaning bathrooms, or painting a sunset? There is a schism between the sacred and the secular in all of our modern minds. The view that a pastor is more ‘Christian’ than a girls volleyball coach is flawed and heretical. The stance that a worship

Ver o post original 435 mais palavras

Publicado em

Armadura de Deus para a mulher

ARMADURA DE DEUS PARA A MULHER

Estive meditando por esses dias na passagem sobre a Armadura de Deus, e pensei em ilustrá-la com coisas do dia-a-dia. Sendo assim, toda vez que usássemos algum acessório da ilustração, acabaríamos nos lembrando de como podemos vestir a Armadura de Deus desde cedo pela manhã. Continuar lendo “Armadura de Deus para a mulher”

Publicado em Dose de Hoje,

Resposta a uma carta 001

Senti o desejo de postar minha resposta à uma carta que recebi recentemente. Espero que possa, de alguma forma, impactar a vida dos leitores deste blog.

Carta resposta

Oi querida,

Me desculpe… eu li seu e-mail ontem, mas não tive tempo para responder. Na verdade, confesso que, para alguns assuntos, não gosto muito de responder por email porque tenho a sensação de que o email acaba banalizando os sentimentos… mas com o corre-corre da vida e a urgência que temos em querer uma resposta, vou tentar responder da maneira mais simples de entender que conseguir, prometo. : )

Sobre o pedido de desculpas, não se preocupe. Todos temos dias péssimos. Isso é normal. A gente escolheu amar você com seus defeitos e tá tudo certo! Da próxima vez, não escreva a primeira coisa que vier na cabeça. Pare e reflita, e deixe para o dia seguinte. (funciona comigo) Continuar lendo “Resposta a uma carta 001”