Perdi meu celular – Parte 1

Captura de tela 2017-05-02 às 22.36.51.png

 

Sai de casa pra ir no mercado comprar algumas coisas que estavam faltando em casa. O mercado é bem pertinho de casa e ainda eram 6:30pm. Paulo iria precisar do carro só às 7:30pm então, pensei: “Uma hora pra comprar umas coisinhas. Tranquilo!!”

Como eu ia fazer uma compra bem rápida não quis levar a bolsa toda. Então levei uma bolsinha pequena com um zíper contendo meu celular e 2 cartões dentro.

Entrei no mercado com a bolsinha e fui pra sessão de legumes comprar coisas que acabam em casa toda semana… tomate, cebola, banana, mamão, limão e outras coisas que estavam faltando. Quando olhei o carrinho tinha passado de 10 ítens então eu tive que encontrar um caixa normal.

OMG! Todos os caixas estavam lotados! O menos lotado tinha 3 pessoas. Olhei para o meu carrinho e quase quis deixar ele e ir embora e pensei: “Será que vou conseguir chegar em casa antes das 7:30pm?”

Bem, já que eu estava na fila e o carrinho de uma família inteira já tinha encostado atrás de mim eu não quis ‘abandonar’ o meu lugar. Então, o primeiro pagou… o segundo estava colocando as coisas na esteira e o terceiro esperando. Eu era a quarta da fila e a família que estava atrás de mim tinha dois meninos que ficaram conversando comigo enquanto a gente esperava.

Logo, o segundo tinha pago e o cara da minha frente já estava quase na vez. Quando, para minha surpresa, uma senhora com um carrinho lotado de compras estava entrando na minha frente. Eu fiquei olhando pra ela mas ela não olhava nos meus olhos. Eu fiquei meio sem entender.

Olhei pro cara que estava na minha frente e perguntei: “Ô moço! Tinha alguém atrás de você quando eu cheguei ou eu sou depois de você?”

“Não tinha ninguém não. Eu era o terceiro da fila e você a quarta.” – ele confirmou.

Olhei pra moça da família de trás e perguntei: – “Moça, quando você chegou essa senhora estava aqui já?” – a moça respondeu que não com um olhar fuminante, e disse: – “Na minha frente é que ela não vai entrar!”

Era só o que faltava. Já eram quase 7:15pm. Até o cara da frente passar toda a compra dele e eu passar os meus 18 ítens do carrinho já ia dar 7:30pm. Mas o cara foi rápido. Ufa! Acho que ele estava cansado, assim como eu. E, assim que ele desocupou o carrinho, ele puxou o meu pra frente. Assim que eu fui pra frente com meu carrinho, a moça que estava atrás de mim grudou o carrinho dela em mim. Nós três nos olhamos e rimos. A senhora que estava forçando um pouco a barra se tocou e saiu.

Chegou a minha vez e eu empacotei tudo bem rápido pra ajudar a moça do caixa. Tirei o cartão da minha bolsinha, paguei, guardei o cartão e saí. Olhei no celular eram 7:27pm. Uau! Isso é que é rapidez!

Guardei tudo bem rapidinho dentro do porta-malas e fui pra casa. Cheguei em casa exatamente 7:32pm. Com 2 minutinhos de atraso!

Enquanto descarregava as compras do porta-malas… – “Amor, não estou vendo minha bolsinha aqui atrás. Vê se eu não coloquei dentro de alguma sacola.”

“Não está aqui não, amor. Não está no banco de trás do carro?” – Paulo perguntou.

Meu coração disparou: – “Eu não me lembro de ter guardado a bolsa no carro. Ai, meu Deus!”

Continua….

Anúncios