Publicado em Artigo, , Pensamentos Meus

Conserto Rápido

529131_3905788276716_859886446_n“Porque sou eu que conheço os planos que tenho para vocês”, diz o Senhor, “planos de fazê-los prosperar e não de lhes causar dano, planos de dar-lhes esperança e um futuro.” Jeremias 29:11

Não existem consertos rápidos.

Deus nos promete que os planos dele para nós são bons, e que, através de sua bondade e graça, podemos ter um futuro e uma esperança; mas quando a vida nos machuca, queremos uma solução rápida, queremos resolver logo o problema e nos livrar da sensação que um problema traz. Para isso, queremos Deus para cuidar dos problemas. Mas, na maioria das vezes, a cura não acontece quando estamos dormindo. Algumas feridas saram, mas as cicatrizes permanecem. A cura completa leva tempo e demora ainda mais com feridas profundas.

488025_3905778676476_1455968205_n

Há dois anos atrás, eu estava participando de uma corrida e, no meio da corrida, eu tropecei e cai. Como ainda estava no meio da corrida eu não quis parar para ver como estava meu joelho, eu simplesmente continuei correndo. Quando cheguei na linha de chegada, meu joelho doía demais e fui até a ambulância para fazer um curativo. A médica de plantão logo me avisou que um curativo não iria adiantar, ela precisava costurar meu joelho que estava aberto. O que? Fiquei chocada. Levei sete pontos no joelho e teria que ficar um bom tempo sem correr.

Entre uma conversa e outra eu perguntei para a médica porque eu não havia sentido tanta dor na hora em que cai, e consegui continuar correndo. Ela me disse “Isso é perfeitamente normal. A descarga de adrenalina do corpo vela a dor. Mas vou avisá-la que a dor da recuperação será maior que a dor do tombo.”

425448_3910888884228_624809445_n
Meu joelho costurado – 7 pontos

Entendi naquele momento que meu joelho teria uma cicatriz que me lembraria desse tombo para sempre. Após dias tirei os pontos e em vinte dias eu quis tentar correr novamente e, “para nossa alegria”, eu cai novamente porque meu joelho falseou. Meu joelho precisava de mais tempo para se recuperar do que meu orgulho ferido. Porém, a única maneira de vencer o medo seria um processo lento e contínuo de dizer ao meu joelho, aos poucos, que estava tudo bem.

O meu joelho esquerdo é diferente do meu joelho direito. O esquerdo tem uma cicatriz que guarda memórias de um dia em que corri sem prestar atenção e meu corpo sofreu por isso. As cicatrizes que carrego nos tecidos da minha pele não são diferentes das cicatrizes do meu coração. Sofri bullying na escola, cresci querendo agradar a todos e ainda preciso lidar com dores mal resolvidas do meu passado. Meu coração aprendeu a “consertar rápido” as coisas, a não conversar sobre o assunto, para conseguir prosseguir na caminhada.

Tantas coisas podem ferir nossas almas, quebrar nossos corações e deixar cicatrizes. E, as cicatrizes podem esconder medo, culpa, mágoa, auto-condenação; coisas que nos impedem de seguir em frente.

Queremos que Deus nos conserte e nos cure de forma rápida e sem dor. Mas a cura do coração leva tempo, trabalho duro e um forte compromisso, assim como a cura de um joelho.

Você já foi ferido por alguém? Seu coração está coberto com uma cicatriz? Deus tem um grande plano para você e para mim. E, quanto mais cedo estivermos preparados para lidar com as feridas do passado, mais rápido seremos capaz de seguir adiante e ir para onde Deus quer nos levar.

Anúncios

Autor:

Cantora e compositora. Esposa de Paulo Wesley Deggau, pastor e líder da Igreja Capela da Graça, em Londrina; e mãe de Luiza e David Franco Deggau.