Você vai matar o ratinho, mãe?

ratinho– Davizinho, vem almoçar, filho! – eu chamo enquanto preparo o prato de macarrão, que ele adora!

Ele vem, o coloco na cadeira do papá, coloco o pratinho na frente dele:

– Mãe, fecha o olho. – eu coloco comida na colher, fecho os olhos e quando abro, a comida não está mais lá.

– Quem será que comeu a comida que estava aqui? – ele dá uma risadinha.

– Mãe, fecha o olho de novo. – eu faço tudo igual e abro os olhos.

– Nossa! Deve ter um ratinho aqui em casa! Não é possível! – ele ri novamente

– Mãe, fecha o olho de novo? – eu repito a mesma coisa.

– Ah, de novo alguém comeu sua comida? Agora chega! Eu vou no mercado comprar veneno pra matar esse ratinho.

O Davizinho começa a chorar desesperado, com as lágrimas escorrendo e eu com cara de não entender o que está acontecendo, pergunto:

– Filho, o que foi que aconteceu?

– Você vai me matar, mãe? Você comprar veneno pra matar o ratinho, mas o ratinho sou eu!

– !

Anúncios